Carinhas de aprovação demonstrando feedbacks

Comunicação e feedback: 6 maneiras de evoluir os relacionamentos em prol da empresa

Comunicação e feedback. Você já parou pra pensar sobre essas duas palavras no contexto das empresas? Já refletiu sobre como a sua organização está – e se está – dando feedback aos colaboradores e às equipes

E de que forma as pessoas que trabalham na empresa se comunicam entre si? Todos se expressam bem e superam os desafios do dia a dia sem brigar por causa de uma palavra mal colocada ali, ou de uma entonação inadequada ali?

Pessoas e times precisam ser ouvidos constantemente e precisam se comunicar com excelência. Para evoluir dentro da empresa e, por consequência, trazer melhores resultados a ela, um colaborador precisa saber onde está errando e acertando. É assim que terá a chance de melhorar o mais rápido possível.

Além disso, deve aperfeiçoar a comunicação. Saber se expressar é ter em mãos uma poderosa ferramenta para alcançar a alta performance e o sucesso nos projetos e metas da empresa.

Quer entender porque comunicação e feedback são fortes aliados das empresas? Quer saber como dar retorno a colaboradores e times da forma correta e mostrar a todos como se expressar bem? É simples: siga a leitura!

O que é feedback e qual a importância dele no processo de comunicação?

Feedback é uma palavra que herdamos do inglês para dar nome à análise que os colaboradores de uma empresa recebem dentro dela. Normalmente, é do gestor para o colaborador, observando uma ação ou trabalho específico da pessoa.

O feedback também pode ser uma avaliação do comportamento, ou do desempenho geral do colaborador. Além disso, pode ser dado a todo um setor.

Mais que um simples retorno às pessoas e equipes, o feedback pode servir para orientação. Com isso, todos na empresa podem conhecer suas limitações e têm a chance de melhorar.

O feedback, vale ressaltar, não foca só em resultados. Não serve pra dizer se o colaborador bateu ou não a meta, mas para potencializar suas competências. A ferramenta oportuniza que as pessoas se desenvolvam, ou seja, progridam dentro das suas carreiras. Como consequência, trabalham motivadas, melhoram suas entregas e evoluem na carreira.

Conforme uma pesquisa da revista Forbes, por exemplo, 4 em cada 10 trabalhadores não se sentem engajados, porque recebem pouco ou nenhum feedback. O estudo também mostra que 82% apreciam feedback, seja ele positivo ou negativo.

Sua empresa dá feedback aos colaboradores? Se sim, muito bem. Mas será que está fazendo da melhor forma?

Sua empresa não faz? Então chegou a hora!

Principais modelos de feedback

Feedback sanduíche

Esse “sanduíche” tem três recheios: elogio, pergunta e ação. Primeiramente vem o elogio, em que algum ponto positivo do colaborador deve ser ressaltado. Assim, a pessoa se sentirá reconhecida e aberta aos passos seguintes.

Na segunda camada, a pergunta, o gestor questiona o colaborador em algum ponto que pode ser melhorado. O intuito é que o profissional tenha um desempenho superior.

Depois, é hora da ação, quando o gestor mostra caminhos para que o colaborador melhore seu desempenho nas tarefas. Dessa forma, o profissional terá a chance de mudar, evoluir e melhorar sua performance imediatamente.

Feedback 360

Esse modelo se destaca pela amplitude de visões, por isso, é 360. No caso, são levadas em consideração diferentes opiniões sobre o desempenho de uma única pessoa. No feedback 360, os pontos de vista partem de variadas frentes: do gestor para o colaborador, de colaborador para colaborador e do colaborador para ele mesmo.

Feedback Kudos

Esse modelo consiste na entrega de cartões com comentários positivos para os colaboradores. É interessante porque reconhece os esforços de cada e mantém  o engajamento deles nas tarefas.

Feedback Wall

Aqui, a empresa é os colaboradores trocam de posição. Os avaliadores são os profissionais, que analisam a própria empresa em que trabalham. Para isso, um quadro é dividido em duas partes. Uma serve para elencar os pontos positivos e a outra para os aspectos que exigem melhoria.

6 dicas para ser assertivo no feedback da sua empresa

Dica 1: Registre os apontamentos

Não há nada pior do que chamar o profissional para uma avaliação e não avaliar nada. Comunicação e feedback são muito importantes, por isso, o gestor deve anotar tudo o que pretende dizer ao colaborador. Evite rodeios e improvisos nessa hora.

Dica 2: Defina o tempo

Normalmente, o feedback é dado a mais de uma pessoa. Por isso, cuide desse detalhe: reserve o mesmo tempo de feedback a todos os colaboradores. Todos merecem a mesma importância num momento como esse.

Dica 3: Individualize a mensagem

O feedback tem que ser individual. Mesmo no caso de projetos tocados em equipe, é fundamental que todos saibam da importância de suas ações na empresa.

Dica 4: Comunique com clareza

Pergunte se está sendo claro e se o profissional quer tirar dúvidas; seja simples, para facilitar a compreensão. Palavras ambíguas devem ser evitadas. E cuidado com o tom de voz. Feedback é um processo que visa melhoria e não pode soar como punição.

Dica 5: Elogie

Ainda que precise apontar algo negativo, é essencial que abra espaço para elogios. Esse é o único meio de manter o colaborador motivado. Uma boa opção é terminar a conversa justamente ressaltando os acertos do profissional.

Dica 6: Dê um plano de ação

Caso o colaborador precise desenvolver pontos específicos, apresente um plano de ação a ele. Apontar falhas e não apresentar alternativas de resolução pode desmotivar o colaborador.

Comunicação eficiente na sua empresa

Garantir uma boa comunicação dentro das equipe não é tão fácil, mas sua empresa pode contar com ajuda para isso. A OutBox, por exemplo, é uma empresa especializada em treinamentos corporativos e pode facilitar esta jornada com um  treinamento focado em métodos de comunicação.

Como vimos, comunicação e feedback são essenciais. Quando bem executados numa empresa, podem até solucionar problemas de relacionamentos e conflitos velados, aumentar a produtividade do time e melhorar os resultados organizacionais. 

Acredita que a comunicação dos colaboradores pode melhorar? Então, eles precisam de um treinamento para aprimorar a percepção em relação a forma de se comunicar. Como resultado, cada um vai se expressar melhor e de forma mais empática no ambiente corporativo. 

O treinamento da OutBox trabalha diversos aspectos de comunicação, entre eles:

  • torna o processo de comunicação mais consciente para todos;
  • desenvolve habilidades de comunicação oral, escrita e linguagem corporal;
  • identifica áreas de comunicação em que cada participante se destaca e as que precisam de incremento.

Gostou? Saiba, agora mesmo, todos os detalhes do treinamento Comunicação e Feedback da OutBox!

Treinamento com empresa especializada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *