Treinamento e desenvolvimento de equipes

Treinamento e desenvolvimento de equipes: 7 práticas para garantir o sucesso do seu negócio

O mundo é movimento. E o mundo corporativo é uma roda gigante. Quem não se atualiza, desce rápido, quem se prepara, fica mais tempo no topo. Eis a importância do treinamento e desenvolvimento de equipes.

Por meio de metodologias específicas, é possível contribuir no crescimento dos colaboradores, dos líderes e da empresa. Neste artigo, explicamos o que é T&D e seus benefícios.

Além disso, apresentamos exemplos de treinamentos e melhores práticas. Por fim, você saberá como estruturar programas de T&D na sua empresa.

Quer levar sua instituição e os colaboradores ao mais alto patamar? Siga a leitura para descobrir como isso é possível!

O que é treinamento e desenvolvimento de equipes

Quando precisa de novas competências no seu quadro funcional, uma empresa tem que fazer escolhas. Uma das alternativas é o RH abrir um processo seletivo e buscar possíveis soluções no mercado.

Outra é usar a educação para capacitar a equipe atual. Nesse caso, também há duas formas: a primeira é olhar para cada cargo de um modo mais pontual e oferecer um programa de treinamento.

A segunda é ofertar um plano de desenvolvimento, pensando nas demandas que os profissionais têm para sua carreira na empresa. As duas soluções, isto é, treinamento e desenvolvimento de equipes, ou T&D, oportunizam evolução e aprendizado individual e ao conjunto da empresa.

Qual a diferença entre os termos treinamento e desenvolvimento

O treinamento e o desenvolvimento de equipes têm suas semelhanças, mas são formas de capacitação distintas. O treinamento é um trabalho mais pontual e de curto prazo; o desenvolvimento pressupõe práticas de longo prazo e contribui para o crescimento profissional do colaborador.

Treinamento

O treinamento serve para melhorar a execução de tarefas diárias. Já o desenvolvimento tem finalidade de preparar a equipe por meio de programas de liderança ou coaching, por exemplo. Os dois são importantes numa empresa que prioriza uma gestão mais estratégica de pessoas.

Além disso, o treinamento é mais voltado aos desafios do presente, pensando nos cargos atuais dos profissionais e na melhoria de suas habilidades e competências de forma mais imediata. 

Desenvolvimento

O desenvolvimento, por sua vez, mira o futuro, ou seja, prepara aqueles profissionais que vão ocupar cargos chave nas próximas décadas. Para tanto, eles recebem desenvolvimento para adquirir as habilidades e competências que lhes serão exigidas lá na frente.

Benefícios do T&D para um negócio

Benefícios do T&D para um negócio

O treinamento e desenvolvimento de equipes é uma via de mão dupla. Os profissionais ganham muito e a empresa também. Os gestores precisam levar isso em consideração, pois o impacto positivo do T&D será percebido em todo o negócio, inclusive no faturamento. 

Quando um gestor se mostra atento às necessidades das pessoas e se preocupa em capacitar a equipe, o progresso é para todos. Os melhores líderes são antenados às novidades do seu mercado e trazem isso para seus times.

Uma empresa pode ter o patrimônio que for, mas o seu maior ativo é o capital humano. Por isso, quanto mais preparados os funcionários estiverem para as transformações em seus setores, melhor será para a empresa.

Observe o momento atual do negócio e se planeje. Considera que é o momento de investir em conhecimento para a equipe? Vá em frente! Quanto mais competentes eles forem, mais capazes serão de eliminar problemas, às vezes, antes mesmo do surgimento.

Oferecer treinamento e desenvolvimento de equipes também vai trazer os seguintes benefícios:

  • Mais engajamento;
  • Aumento da motivação;
  • Ganhos em produtividade;
  • Prestígio à empresa no mercado;
  • Melhorias no clima organizacional.

Exemplos de treinamentos

A seguir, elencamos exemplos de treinamentos que podem ser oferecidos aos colaboradores na sua empresa. Confira:

  • Liderança: Entre diversas finalidades, esse treinamento ajuda profissionais a aprimorar habilidades para tomar decisões, melhorar a proatividade e resolver conflitos;
  • Comunicação: Esse é um treinamento que trabalha as competências comunicativas do profissional. Pode tornar os processos mais claros para todos. Além disso, evita conflitos graças a soluções como a CNV (comunicação não violenta);
  • Motivação: Os eventos motivacionais contribuem para o engajamento e dedicação das equipes. Resultado: mais produtividade na empresa;
  • Competências: Serve para aperfeiçoar as habilidades profissionais em setores específicos. Por exemplo: cursos sobre novas tecnologias, tendências de marketing e vendas.

7 práticas para desenvolvimento de equipes

Existem diversas formas de oferecer treinamento e desenvolvimento de equipes. A seguir, listamos algumas práticas bem conhecidas. Veja:

1. In company

Ocorrem nas dependências da empresa. Os colaboradores recebem um coach ou treinador e realizam dinâmicas no próprio ambiente onde trabalham.

2. Out company

Nesse caso, a experiência ocorre fora da empresa. Os colaboradores se deslocam para algum lugar diferente, às vezes em contato com a natureza, para realizar dinâmicas em grupos.

3. Gamificação

Esse modelo pode ser oferecido de diferentes formas e com variadas tecnologias. Em comum, o treinamento se dá por meio de jogos. Pode estimular o espírito competitivo e a vontade de aperfeiçoamento.

4. Colaborativo

No formato colaborativo, os próprios profissionais da empresa ministram workshops e repassam algum conhecimento aos colegas. É um modelo vantajoso pelo baixo custo e pela eficácia.

5. E-learning

Nesse modelo, o aprendizado é absorvido em plataformas online, por meio de textos, vídeos, ou áudios. Além disso, o e-learning costuma ter atividades interativas, como fóruns, perguntas de múltipla escolha, ou dissertativas e até desafios com jogos.

6. Microlearning

No microlearning, o conhecimento é transmitido por “pílulas” a fim de aprimorar competências específicas. Pode ser, por exemplo, um vídeo de cinco a dez minutos, no máximo, e que, além de conteúdo, tenha exercícios.

7. Cases

Trata-se de uma pesquisa que busca respostas para clássicas perguntas: “como” e “por que”. O objetivo é observar um case de outra empresa que conseguiu, por exemplo, atingir um número surpreendente de vendas num semestre. No estudo, os profissionais entenderão o que pode levar empresas ao sucesso, ou ao fracasso.

Como estruturar programas de T&D na empresa?

Como vimos no tópico anterior, é possível implementar treinamento e desenvolvimento de equipes de diversas formas. Sua empresa pode aderir às alternativas internas, ou externas e contar com serviços especializados.

A grande vantagem de contratar quem oferece treinamento empresarial é a eficácia do investimento. Esses negócios, afinal, surgiram justamente com o intuito de alavancar os demais. 

A OutBox, por exemplo, tem expertise para ajudar empresas a desenvolver suas lideranças, equipes e, por consequência, entrega evolução aos seus contratantes. 

O carro-chefe da OutBox são os treinamentos ao ar livre, portanto, out company. A maioria, promove contato com a natureza, esportes e são treinamentos experienciais, inovadores e impactantes. Com isso, a OutBox oportuniza que seus clientes tenham desenvolvimento pessoal e profissional.


Quer testar a eficiência da OutBox? Entre em contato e solicite um orçamento.

Treinamento com empresa especializada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *